CRENÇAS, JULGAMENTOS, CONSCIÊNCIA E AUTOCOMPAIXÃO

CRENÇAS, JULGAMENTOS, CONSCIÊNCIA E AUTOCOMPAIXÃO Li um post no Facebook que dizia o seguinte: “O melhor indicador do caráter de uma pessoa é como ela trata as pessoas que não lhe trazem benefício algum” Trata-se sem dúvida de uma crença e, acreditar que nossas crenças são uma verdade absoluta, é uma faca de dois gumes. Sendo assim, podemos dizer que nossas “verdades absolutas” são relativas. É sobre isso que falaremos… Um mesmo tratamento pode ter motivadores diferentes e, portanto, distintas intenções positivas. Há de se considerar também que todo comportamento é adequado dependendo do contexto onde está inserido. Como saber se alguém tratou outra pessoa de certa maneira somente porque ela […]

Veja mais